HIIT: Um ótimo treino se você realizá-lo da maneira correta

Conheça o principal motivo para você fazer uma aula de alongamento
7 de dezembro de 2016
A fórmula do sucesso para você não desistir do seu treino
6 de janeiro de 2017
Mostrar Todos

HIIT: Um ótimo treino se você realizá-lo da maneira correta

O HIIT, High Intensity Interval Training, ou treino intervalado de alta intensidade nada mais é que um treino caracterizado por sessões em que a intensidade é alta (90% do Vo2max, capacidade máxima que o corpo transporta oxigênio) intervaladas por sessões de repouso, que podem ser ativas ou passivas.

Este tipo de treinamento revelou-se muito eficaz no sentido de promover maior gasto calórico em sessões isoladas, além de produzir um efeito pós-treino (o gasto energético acontece mesmo após terminada a sessão) o que contribui para a redução do peso corporal e para alterações na composição corporal, somados à manutenção da força e do volume muscular. Outros benefícios desse treinamento são: a melhora da capacidade aeróbia e anaeróbia e do componente cardiovascular, a diminuição da resistência à insulina, o aumento da capacidade de metabolizar gordura, os quais contribuem positivamente para a saúde.

Além disso, o HIIT não possui a monotonia de um treinamento contínuo, conquistando assim mais e mais adeptos.

No entanto, esse tipo de treinamento não é recomendado para indivíduos com pouco ou nenhum condicionamento físico, já que, como o próprio nome diz, ele se caracteriza pela alta intensidade. Pessoas despreparadas podem ter lesões e/ou desconfortos físicos tais como “pernas pesadas ou travadas”, câimbras e até mesmo náuseas.

Outro ponto a ressaltar é que no HIIT é preciso uma correta orientação dos parâmetros de esforço (esforço / recuperação), para que os benefícios conseguidos com o treinamento sejam alcançados.

Por esses motivos, para se conseguir os resultados esperados com o HIIT, primeiramente é importante aprimorar o condicionamento físico a patamares em que se consiga realizar o treinamento sem correr riscos, você pode conseguir isso a partir de treinos de intensidade mais moderada (esse assunto já foi abordado em outro texto aqui no blog) podendo ser intervalados ou contínuos.

Em segundo lugar, é importante que o treino possua a intensidade adequada para ser considerado um HIIT, alta, caso contrário, você estará fazendo um treino intervalado qualquer, com intensidade menor.

Por isso é sempre importante salientar que você deve procurar um profissional capacitado para te orientar de forma adequada e te levar a resultados satisfatórios sem que haja riscos. Aqui na Oxigênio estamos mais do que preparados para isso!

Professor Augusto, Coordenador Técnico da Musculação da Oxigênio

SAÚDE SEMPREPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *