Descubra o que é potência muscular e como é trabalhada nos treinos

bootcamp
O que é bootcamp, seus benefícios e como começar a treinar?
13 de julho de 2021
pulseiras fitness
Pulseiras fitness e smartwatches: como extrair o máximo de benefícios desses gadgets durante o treino?
10 de agosto de 2021
Mostrar Todos

Descubra o que é potência muscular e como é trabalhada nos treinos

potência muscular

A potência muscular nada mais é do que a capacidade de produzir força rapidamente. A força é o próprio esforço em si, sem movimentos coordenados, enquanto que a potência combina atividades que contribuem de formas distintas para o fortalecimento dos músculos.

Existem algumas maneiras de melhorar a potência muscular por meio de exercícios e treinamentos específicos. Sempre que os músculos se contraem, no menor tempo e com a maior potência possível, maior será a eficiência dos movimentos.

Quer entender como trabalhar a potência muscular em seus treinos? Acompanhe a seguir e confira!

O que é e qual a importância de trabalhar a potência muscular?

A potência muscular está associada com a capacidade do sistema neuromuscular de se movimentar ou, até mesmo, movimentar objetos em um determinado período o máximo de vezes possível. Com isso, o praticante realiza atividades que envolvem movimentos em velocidade máxima e com força rápida ou explosiva, que são processados por meio do sistema nervoso central.

De forma geral, a potência muscular é trabalhada em exercícios de força que envolvem grande velocidade de contração. Essa forma de manifestação é aplicada em atividades que têm o objetivo de desenvolver altos graus de força com elevada velocidade de movimentos. É o caso, por exemplo, de saltadores, arremessadores, atletas velocistas, entre outros.

Os treinos que visam desenvolver a potência muscular são essenciais para quem deseja ter uma vida mais saudável. Mas há diferenças entre força e resistência que devem ser consideradas pelo praticante. A força é definida como um esforço bruto, enquanto que a resistência combina esforço com velocidade e coordenação dos movimentos.

Existem algumas formas de trabalhar a potência muscular, mas é fundamental contar com a orientação de um especialista ou um médico antes de iniciar qualquer exercício. Já existem evidências dos benefícios da potência muscular para a longevidade e para a melhora da qualidade de vida, sobretudo em pessoas com idade avançada.

Como a potência muscular é desenvolvida nos treinos?

Todas as ações que fazemos no dia a dia, seja levantar da cama, seja caminhar, exigem uma determinada quantidade de força. Sem força, seríamos pessoas totalmente inertes e teríamos grande dificuldade em realizar atividades básicas. Logo, a força muscular tem um papel essencial em nossas vidas.

Por isso, é importante aperfeiçoar a força e a resistência dos músculos por meio de treinos específicos. Com o processo de envelhecimento, ocorre a sarcopenia, ou seja, a perda de massa muscular, o que ocasiona a perda de força e a redução da capacidade funcional.

O desenvolvimento da potência muscular é possível principalmente por meio de treinamentos com movimentos dinâmicos ou em isometria. O aumento da força acontece em cada sessão de treino, e a cada novo estímulo os músculos ficam mais fortes em relação ao estado anterior.

Para trabalhar a potência muscular adequadamente, é preciso ter um aumento de força gradual, caso contrário o praticante tem um resultado abaixo do esperado. Veja a seguir alguns aspectos importantes para desenvolver a potência muscular da melhor forma.

Intensidade

A intensidade dos estímulos é o principal fator que diferencia a manifestação da força. Quanto mais intenso for o estímulo, mais difíceis se tornam as contrações musculares. Para alcançar ao máximo a capacidade física, a sobrecarga deve ser intensa e apenas uma execução de movimento é realizada.

Duração

Para ter uma sessão de treinamento eficiente, é essencial que o estímulo total seja fracionado em séries de maneira adequada, com o número ideal de repetições. A duração do treino, portanto, deve ser específica até que o músculo fique exausto pelo número de repetições.

Repetições

A potência muscular está diretamente associada à resistência, que pode ser alcançada por meio da repetição de movimentos por um longo período. Portanto, os exercícios devem ser realizados em ordem alternada com séries, repetições e intervalos, que podem variar, a depender do objetivo do praticante.

Peso

O treinamento com pesos é adotado sobretudo por pessoas que buscam uma melhor qualidade de vida. Quanto mais peso, maior é a performance e a melhora das atividades da vida diária. Isso porque a força muscular é caracterizada pela quantidade de vezes que o praticante consegue superar o seu peso corporal na execução de um determinado movimento.

Tempo de descanso

Após as atividades de potência muscular, é fundamental reservar um tempo de descanso, que se caracteriza como um processo de recuperação. Nesse momento, a fibra muscular é restaurada e se adapta aos estímulos realizados pelo treino. Isso também aumenta a capacidade da pessoa resistir à novos estímulos de força posteriormente.

Quais exercícios ajudam a trabalhar a potência muscular?

O treino de potência muscular pode ser feito por praticantes com preparo físico de nível intermediário a avançado. Como os exercícios exigem força e coordenação corporal, a indicação é sempre contar com orientação profissional antes de realizar qualquer atividade.

A musculação é a prática indicada para obter o fortalecimento de grandes músculos e são indispensáveis para qualquer treino. Cada região específica do corpo, no entanto, exige um tipo de exercício. Para os membros inferiores, por exemplo, é recomendado realizar séries de agachamento.

As atividades abdominais e a prancha também são excelentes para fortalecer os músculos, principalmente a musculatura responsável pela sustentação do corpo e da coluna. O ideal é que os exercícios sejam dinâmicos e estáticos, combinando força e velocidade para ter um resultado satisfatório.

Lembre-se que a constância no treino deve ser mantida e respeitada, pois sem isso, o praticante pode perder as capacidades que foram adquiridas no período do treinamento. Quanto mais tempo passamos sem treinar, mais chances temos de voltar ao estado pré-treino.

Independentemente do tempo que a pessoa treina, caso ela interrompa os exercícios de uma hora para outra, ocorrerá a perda da força, potência, resistência e massa muscular.

Antes de fazer qualquer tipo de treino com o intuito de trabalhar a potência muscular, é fundamental contar com orientação especializada. Além disso, uma boa academia, como a Oxigênio, pode acompanhar o seu desenvolvimento desde o início, até começar a ficar mais seguro em relação aos treinos e conseguir montar um programa com séries específicas para você.

Quer descobrir como a equipe Oxigênio Academia pode auxiliar você nesse momento? Entre em contato conosco agora mesmo!

SAÚDE SEMPREPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *