5 alternativas para fazer mais atividade física em São Paulo

gordura e massa muscular
Gordura e massa muscular: entenda as diferenças e o balanço saudável
17 de junho de 2019
como malhar corretamente
Carga x execução: afinal, como malhar corretamente?
22 de julho de 2019
Mostrar Todos

5 alternativas para fazer mais atividade física em São Paulo

atividade fisica em sao paulo

Sabia que a cidade de São Paulo é a melhor cidade da América Latina para fazer atividade física? De acordo com uma pesquisa realizada pela PUC-PR, a capital paulistana está cheia de oportunidades para quem quer se movimentar no cotidiano — seja em um treino dedicado, seja no deslocamento para o trabalho.

É isso mesmo! Falta de tempo não é uma desculpa para quem mora na terra da garoa. E se você duvida, acompanhe essas 5 dicas de atividade física em São Paulo que podem ser feitas sem muita dificuldade, mesmo por quem tem uma rotina mais atarefada. Vamos lá?

1. Ir para o trabalho de bicicleta

A capital de paulista é rodeada por ciclovias. Nem sempre elas estão em ótimas condições, é verdade, mas dependendo da sua rota para o trabalho ou para a faculdade, vale a pena subir numa “magrela” — mas lembre-se de colocar os itens de segurança, hein?

Não tem bike? Que tal usar os sistemas de aluguel? Em São Paulo, já existem várias empresas, como o Bike Sampa, o Ciclo Sampa e a Yellow. Os três funcionam de forma semelhante: você instala o app, escaneia o QR code para destravar a bicicleta e pode usá-la conforme seus créditos.

2. Subir as escadas do metrô

Quer começar por uma alternativa ainda mais simples? Também dá! A dica é clássica: subir as escadas do metrô em vez de ir pela escada rolante — uma rotina de exercícios acessível para qualquer um. Então, se o seu problema era a falta de tempo, já não é mais, já que você vai chegar muito mais rápido desse jeito.

3. Descer uma estação antes do seu destino

Outra sugestão é descer uma estação antes do seu ponto. Essa é uma forma de fazer atividade física sem comprometer a sua rota cotidiana. Você vai andar alguns minutinhos, mas ainda assim chegará a tempo no trabalho. Afinal, as estações do sistema metropolitano ficam bem perto umas das outras.

A ideia é tão boa que já virou projeto: o “Vá a pé”, feito pela ONG SampaPé. Eles fizeram um mapa com o tempo de caminhada entre as estações de metrô. Algumas distâncias podem ser percorridas em 8 minutinhos. Nada de outro mundo, não é?

4. Fazer as atividades da Praça Roosevelt

Você costuma passar perto da Praça Roosevelt? Que tal parar um pouco por ali? No local, além de pistas de skate e patins, você encontra aulas gratuitas de Tai Chi Pai Lin e Yoga — os horários podem ser conferidos junto à Prefeitura. Ah, a Praça também vive recheada de grupos de dança!

5. Usar os aparelhos ao ar livre

Não vai para o Centro no dia a dia? Sem problemas: não é só na Praça Roosevelt que dá para fazer atividade física não. Diversos parques e praças de SP contam com academia ao ar livre — são mais de 300! Não custa nada parar um pouco para se exercitar nos aparelhos gratuitos.

Viu só como fazer atividade física é algo que está ao seu alcance? Pois é! Criar esse hábito, mesmo que pareça mais difícil no começo, será uma coisa natural e prazerosa. Assim, logo logo você vai sentir mais motivação para começar a tão postergada academia e investir de vez na sua saúde e bem-estar!

E aí, as dicas são ou não são úteis? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais e coloque todos os seus amigos para se exercitar!

treinar na academia ou treinar em casaPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>