Entenda a importância e como ler corretamente rótulos de alimentos

Entenda a importância e como ler corretamente rótulos de alimentos

Os rótulos dos alimentos indicam todas as informações relativas às quantidades e qualidades dos nutrientes, como proteínas, carboidratos e vitaminas. Além disso, eles explicam quais são os ingredientes utilizados no preparo dos produtos alimentícios.

É muito importante saber ler corretamente os rótulos dos alimentos para entender se o produto é ou não saudável. Com isso, é possível verificar se os alimentos contêm substâncias alergênicas que podem causar problemas de saúde, como glúten e lactose.

Quer aprender qual a importância e como ler rótulos de alimentos de forma adequada? Acompanhe a seguir e confira mais sobre o assunto!

Entenda a importância de ler corretamente os rótulos de alimentos

Saber ler as informações dos rótulos dos alimentos é fundamental para fazer uma escolha mais consciente. Isso porque os rótulos apresentam dados baseados nas quantidades de substâncias contidas em cada produto, portanto, compreender o que essas informações mostram é essencial.

Em geral, os rótulos também trazem uma estimativa da porção que determinados alimentos oferecem de nutrientes, calorias, vitaminas, carboidratos, gorduras, fibras, sódio, entre outros. Com isso, fica mais simples entender se os produtos contêm substâncias nocivas, como gordura e açúcar em excesso.

Para isso, você precisa verificar todos os nutrientes presentes na tabela nutricional que vem em cada alimento e considerar se tal produto é ou não saudável. Por exemplo, um alimento integral deve ter quantidades significativas de fibras. Também é fundamental sempre prestar atenção se o alimento tem gordura saturada, gordura trans e sódio acima da recomendação.

Existem diversos ingredientes perigosos e que podem causar danos à saúde, gerando obesidade, alergias, diabetes, entre outros problemas. Alimentos com muito açúcar refinado, farinha branca e óleos oxidados em geral, podem causar inflamação no organismo.

Ou seja, se você pretende manter a sua saúde em dia e cuidar bem do seu corpo, tenha em mente que é essencial ler corretamente os rótulos do que está escolhendo consumir. Desde 2001, essas informações nutricionais são obrigatórias em qualquer produto regulado pela Anvisa — órgão responsável pelas normas de rotulagem de alimentos industrializados.

Você precisa utilizar a tabela de informações nutricionais para escolher os melhores alimentos. Por exemplo, é interessante optar por produtos com, no mínimo, 15% do valor diário de fibra nutricional e menos de 5% do valor diário de sódio. Por isso, sempre leia de forma bastante atenta as declarações nutricionais para ter mais segurança.

Descubra como ler rótulos de alimentos de forma adequada

O rótulo é um elemento fundamental de comunicação entre o produto e os consumidores. Ele orienta e traz, de forma resumida, as informações nutricionais de cada uma das substâncias presentes na porção do produto. De acordo com a Anvisa, existem alguns itens que são obrigatórios nas embalagens, como calorias, carboidratos, proteínas, gorduras totais, sódio, fibra alimentar, entre outros.

É muito importante ficar atento, já que esses itens apenas se referem a uma pequena porção, e não ao alimento inteiro. Cada produto pode utilizar diferentes porções para descrever o seu rótulo, por exemplo, em biscoitos, a porção considerada é de apenas poucas unidades.

Ler os rótulos, portanto, ajuda a saber do que é feita a comida que compramos. Compreender o conteúdo daquilo que você come pode ajudar a administrar a sua saúde. Existem alguns dados do rótulo que oferecem informações valiosas, como tabela nutricional, lista de ingredientes e porções.

Veja, a seguir, algumas dicas para aprender a ler os rótulos dos alimentos de maneira adequada!

Entender a lista de ingredientes

A lista de ingredientes é descrita de forma decrescente, ou seja, o primeiro ingrediente é o que tem em maior quantidade. Por exemplo, se um alimento é apresentado como integral, mas seu primeiro ingrediente for farinha de trigo branca ou açúcar, o item pode não ser um bom alimento.

O ideal é sempre escolher por produtos que contém uma lista de ingredientes pequena, sem conservantes, estabilizantes e outros aditivos nocivos à saúde. Grande parte dos alimentos industrializados apresentam conservantes, corantes e sódio em excesso, por isso, quanto menos processado for, mais saudável o produto será.

Verificar a informação nutricional

Também é muito importante verificar as informações nutricionais dos alimentos. O valor energético, por exemplo, apresenta a quantidade de carboidratos, proteínas e gorduras totais. Os carboidratos são encontrados em massas, arroz, açúcar, mel, pães, farinhas e doces em geral.

As proteínas são fundamentais para a construção e manutenção dos nossos órgãos, tecidos e células, sendo comumente encontradas em leguminosas, ovos, leites e derivados. As gorduras totais, por outro lado, são fontes de energia e ajudam na absorção de diversas vitaminas.

Observar as porções

Como já citamos, os rótulos apresentam apenas uma porção do produto inteiro, assim, é preciso fazer um cálculo para saber precisamente a quantidade que será consumida. Um pacote de 100g, por exemplo, muitas vezes traz as informações para uma porção de 25g.

Em outubro de 2020, a Anvisa aprovou uma nova regra de rotulagem nutricional que obriga as embalagens a alertarem os consumidores em relação à presença exagerada de gordura, sal e açúcar nos produtos. Essa é uma mudança fundamental para conseguir adquirir alimentos de forma mais justa.

Compreender o que cada item da tabela nutricional significa

Da mesma forma, você precisa compreender o que cada item da tabela nutricional significa antes de adquirir os alimentos. O consumo frequente e em grande quantidade de sal, açúcar, doces, salgadinhos, frituras e outros alimentos industrializados podem aumentar o risco de inúmeras doenças.

Para isso, pesquise sobre o que cada nutriente significa, como sódio, gordura trans, fibras, proteínas, carboidratos, entre outros. A indicação é optar por alimentos mais saudáveis e naturais, como verduras, frutas, legumes e folhas frescas, para ter uma dieta mais balanceada e equilibrada.

Agora que você já sabe como ler rótulos de alimentos corretamente, certamente será mais simples fazer as melhores escolhas para a sua saúde. Caso note que determinado alimento é rico em substâncias prejudiciais, evite comprá-lo e busque por uma alternativa mais natural. Hoje, existem diversas marcas responsáveis e comprometidas que adotam nutrientes mais benéficos para o aumento da nossa vitalidade.

Gostou do conteúdo? Aproveite e assine a newsletter da Oxigênio Academia para receber, diretamente em seu e-mail, todas as nossas novidades!

ebook terceira idade
,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.