Flexão de braço: músculos trabalhados, benefícios e variações do exercício

flexão de braço

Flexão de braço: músculos trabalhados, benefícios e variações do exercício

A realização de atividades físicas de maneira constante é muito importante não apenas para a saúde, como também para a autoconfiança e a autoestima do ser humano. No entanto, para ter os melhores resultados, é essencial treinar do jeito certo. Por isso, preparamos um post falando sobre a flexão de braço, os músculos trabalhados, benefícios e variações do exercício.

Trata-se de uma excelente opção tanto para quem está na academia quanto para quem está em locais que não estejam devidamente preparados para isso, tendo em vista que sua realização é simples e pode ser praticada todos os dias, em praticamente qualquer lugar. Continue lendo e aprenda mais sobre o tema!

Afinal, o que é uma flexão de braço?

Antes de mais nada, é interessante conceituar a flexão de braço, uma vez que o exercício é bastante popular, mas nem sempre realizado da maneira correta. Também chamada de extensões de braços no solo ou simplesmente flexão, o movimento é feito em posição de prancha, com os braços estendidos e as palmas das mãos alinhadas na largura dos ombros.

Feito isso, basta baixar o corpo de forma uniforme até que a região peitoral se aproxime do chão, ficando a cerca de um palmo de distância, regressando em seguida para a posição inicial. De qualquer maneira, vale ressaltar que existem variações bastante interessantes, que podem aumentar o grau de dificuldade e trabalhar outros músculos do corpo.

Quais os músculos trabalhados?

Falando em músculos do corpo que são trabalhados na flexão de braço, é importante ter em mente que estamos falando de um dos exercícios mais completos que podem ser realizados. Embora o seu foco costume ser o peitoral, o movimento também recruta muitas fibras musculares dos tríceps, além de deltoides, abdome e lombar.

É uma atividade completa e que pode dar um gás no seu treino. A sua estabilização exige até mesmo dos membros inferiores, mas é possível dar ênfases diferentes se mudarmos a posição do tronco ou da pegada, seguindo uma das diversas variações disponíveis. Iniciantes devem tomar cuidado para não forçar as articulações, principalmente ombros e cotovelos.

Quais os maiores benefícios?

Como dissemos, a flexão de braço se constitui em um dos exercícios mais completos que um ser humano pode fazer, trabalhando diversos grupamentos musculares e ajudando na obtenção de uma melhor composição corporal. No entanto, existem muitos outros benefícios incríveis, alguns dos quais elencaremos logo a seguir. Acompanhe.

Trabalha os músculos do peitoral

Um dos maiores benefícios da flexão de braços é, obviamente, que é um exercício que atua bastante em uma musculatura de uma região tão relevante quanto difícil de ser trabalhada: o peito. Com as variações, é possível dar ênfase em músculos essenciais, como o peitoral maior, peitoral menor, subclávio e serrátil anterior, além de tríceps e deltoides.

Dá para fazer em qualquer lugar

Outro dos maiores benefícios da flexão de braço é que ela pode ser feita em praticamente qualquer lugar. Não demanda nenhum equipamento ou grande estrutura, mas apenas um chão plano e um pouco de disposição. Não importa se você quer mais massa, definição ou até mesmo fôlego: basta se colocar na posição, escolher a variação preferida e começar.

Contribui para melhorar a postura

Você já pensou na flexão de braço como uma estratégia que pode ser usada para melhorar a postura? Caso ainda não tenha olhado sob tal prisma, é hora de reconsiderar. O exercício, quando feito regularmente, funciona muito para sedentário e quem tem dor nas costas. Isso ocorre porque a estabilização do movimento trabalha o core, notadamente abdome e lombar.

Quais as variações do exercício?

Para concluir o nosso conteúdo e partirmos para o lado prático, vamos falar um pouco mais sobre as variações que podem ser feitas na flexão de braços. Cada uma delas têm ênfases diferentes, atuando com maior intensidade em determinados músculos, mas nunca deixando de lado o peitoral e o tríceps. Confira.

Flexão de braço tradicional

Não dá para falar sobre os tipos de flexão de braço sem falar da versão mais comum e básica de todas: a tradicional. Para realizá-la, basta manter pés e mãos apoiados no chão, na posição de prancha. Normalmente, os braços ficam posicionados com uma distância um pouco maior do que a largura dos ombros.

Os pés também precisam ficar discretamente separados, de forma que possibilitem uma excelente estabilidade para os praticantes. Feito isso, basta seguir realizando flexões e extensões subsequentes dos cotovelos, descendo o tronco até que o peitoral fique bem próximo do chão, mas sem tocá-lo.

Flexão estilo arqueiro

A chamada flexão arqueiro vem ganhando muito espaço recentemente e é provável que você já tenha visto algum praticante mais avançando fazendo na academia ou em programas fitness na televisão. Como o próprio nome já diz, a grande mudança está na posição das mãos, que ficam mais distantes, como se a pessoa estivesse armando um disparo em um arco.

O movimento tradicional de flexões e extensões subsequentes dos cotovelos é mantido, mas a pessoa vai transferindo o peso do corpo para um dos lados, alternadamente, de maneira que apenas um dos braços vai se manter totalmente estendido. O grau de dificuldade é um pouco maior, mas a prática vai facilitando sua execução.

Flexão com um braço

Definitivamente, a flexão com um braço só é um dos exercícios mais complicados que alguma pessoa pode fazer. Mesmo praticantes mais experientes e pessoas com anos de academia podem ter dificuldades, pois não é preciso apenas força bruta, mas também uma incrível estabilização do core e grande equilíbrio.

Como o nome já diz, apenas um dos braços será usado para apoiar no solo, enquanto o outro ficará para trás. Com isso, as pernas precisarão ficar bem mais distantes do que na versão tradicional, para aumentar a estabilidade. Geralmente, um solo macio é recomendável, para evitar lesões e traumas com quedas.

Como você pôde ver, a flexão de braço é uma ótima opção, que pode ser feita em praticamente qualquer lugar e trabalhar seu peitoral de uma forma incrível. No entanto, não se esqueça de contar com ajuda profissional, seguindo as orientações de um educador físico de confiança!

Gostou de aprender mais sobre a flexão de braço, os músculos trabalhados, benefícios e variações do exercício? Quer contar com ajuda especializada e obter os melhores resultados? Então, não perca mais tempo e entre em contato conosco!

e-book emagrecimento

Post Recentes

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Tudo sobre os mais diversos temas sobre treinamentos, modalidades e dicas.

Share via
Copy link