Afinal, o que é encurtamento muscular? Entenda aqui!

Afinal, o que é encurtamento muscular? Entenda aqui!

Nos dias de hoje, manter uma rotina saudável e praticar exercícios com frequência acaba sendo um grande desafio para boa parte das pessoas. O resultado não demora a vir, com ganho de peso, desvios posturais e até mesmo lesões. Pensando nisso, resolvemos preparar um conteúdo mostrando o que é encurtamento muscular e como resolvê-lo.

Trata-se de uma situação extremamente comum, principalmente para quem vem levando uma vida sedentária e trabalha muito tempo sentado, o que favorece posturas inadequadas e perda de flexibilidade, tornando os movimentos cada vez mais restritos. Continue sua leitura e descubra como evitar que isso aconteça!

Afinal, o que é encurtamento muscular?

De uma forma resumida, como o próprio nome já diz, podemos definir o encurtamento muscular como uma perda da elasticidade e da flexibilidade de alguns grupos musculares do nosso corpo, causando restrição de movimentos e mesmo dores nas articulações. É mais comum que ocorra na região lombar e posterior de pernas, entre outras regiões.

Como é um problema progressivo, ele nem sempre é percebido imediatamente, o que pode fazer com que evolua e prejudique a rotina da pessoa. Quem já tem predisposição genética pode sofrer ainda mais, mas o fato é que, com orientação adequada e exercícios específicos, dá para reverter o cenário e recuperar a qualidade de vida.

Por que ocorre o encurtamento muscular?

Antes de mais nada, devemos ressaltar que a genética tem um papel importante na flexibilidade, pois uma pessoa pode ser muito mais flexível que outra, mesmo sem grandes esforços para isso. No entanto, a grande causa do problema é o sedentarismo e ficar muito tempo na mesma posição, sobretudo trabalhando em um computador.

Como o organismo humano é adaptável, ele se adequa às posições que demandam menos esforço, ou seja, que não exigem amplitude. As fibras musculares encurtadas perdem sua elasticidade, tornando os movimentos cada vez mais restritos. O avançar da idade demanda atenção redobrada, mas o treinamento melhora a mobilidade em todas as faixas etárias.

Como melhorar o encurtamento muscular?

A dica mais básica para evitar o encurtamento muscular é não ficar parado: a atividade física bem orientada pode trazer benefícios incríveis em diversos cenários. Nesse contexto, o que promete ser mais útil são os alongamentos, que farão com que os músculos ganhem amplitude de movimento e se tornem mais flexíveis.

É muito importante tirar um tempo no dia a dia para tais exercícios, que trarão uma sensação de conforto e bem-estar, além de promover um melhor equilíbrio para o corpo. Entretanto, é sempre fundamental contar com orientação profissional, pois se eles forem realizados incorretamente, podem agravar o problema e até causar uma lesão.

Pronto! Agora você já sabe o que é encurtamento muscular e viu que, para evitá-lo, é importante ter uma rotina saudável, realizando exercícios específicos de alongamento, evitando o sedentarismo e contando com ajuda profissional adequada!

Gostou de aprender o que é encurtamento muscular? Quer aumentar os seus conhecimentos sobre o assunto? Então, que tal conferir o nosso outro post aqui no blog que mostra os benefícios do alongamento?

ebook terceira idade
,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.