Grávida pode malhar? Confira as dúvidas mais comuns sobre o assunto

jiu jitsu
Jiu Jitsu: saiba como funciona e quais os benefícios dessa modalidade
22 de junho de 2021
bootcamp
O que é bootcamp, seus benefícios e como começar a treinar?
13 de julho de 2021
Mostrar Todos

Grávida pode malhar? Confira as dúvidas mais comuns sobre o assunto

grávida pode malhar

A gravidez é uma fase especial na vida da mulher, que vem acompanhada de muito amor e muitas mudanças. Desde o primeiro momento em que a pessoa descobre que está esperando um bebê é comum que ela queira saber todas as informações sobre esse universo. Uma das principais dúvidas que surge está relacionada a prática de atividades físicas: afinal, grávida pode malhar?

Se você está procurando essa informação é porque está interessada em cuidar da sua saúde e do seu bebê, ou de alguém especial que está esperando uma criança. Para ajudar, criamos o post de hoje especialmente para falarmos sobre esse assunto.

A seguir você descobrirá a importância do exercício físico para a gestante, quais atividades podem ser realizadas, quais são as limitações e muito mais! Acompanhe.

Importância do exercício durante a gravidez

Durante muito tempo acreditou-se que a prática de exercício físico durante a gravidez poderia prejudicar o bebê. A partir dessa crença, não era nada comum ver gestantes em academias ou treinando ao ar livre. Entretanto, nos últimos anos, essa prática tem sido recomendada, já que houve inúmeras constatações de que o exercício na gravidez traz vantagens para a mãe e o bebê.

Uma das principais razões que permitem que as grávidas malhem e que tornam essa ação importante é a prevenção de diversas doenças como a diabetes gestacional e a hipertensão arterial. Além disso, o exercício físico também pode diminuir o risco de uma depressão pós-parto, problema que afeta inúmeras mamães.

Por fim, o treinamento contribui para a saúde do corpo, evitando dores, lesões e aumentando a disposição. Ele também ajuda no momento do parto, aumentando a probabilidade de o bebê nascer de forma natural, sem precisar que seja feita uma cesariana.

É fundamental falarmos aqui que as futuras mamães devem sempre ser liberadas pelo médico obstetra para a prática de atividade física durante a gestação e estar acompanhadas de um profissional de Educação Física capacitado.

Cuidados que a grávida deve ter ao treinar

Apesar dos benefícios, existem alguns cuidados e limitações que as futuras mamães devem respeitar para manter a sua segurança e do bebê.

Acompanhamento

Já falamos da importância de treinar com acompanhamento, mas é sempre bom ressaltar. Por isso, esse é o primeiro cuidado que as gestantes devem ter ao iniciar o exercício físico. Procure uma boa academia e treine com profissionais que entendem do assunto.

Alimentação e hidratação

Outro cuidado indispensável para quem vai malhar na gravidez é com a alimentação antes e após o treino. É importante não treinar de barriga vazia e levar sempre uma garrafa de água para se hidratar constantemente.

Temperatura

Evite treinar em dias ou locais muito quentes. O calor tende a diminuir a pressão, o que pode ser perigoso durante a gravidez. Se você mora em um lugar com altas temperaturas, procure um ambiente climatizado para se exercitar.

Riscos do exercício

Escolha exercícios que não possibilitem riscos de queda ou de ser atingida por objetos. Evite, por exemplo, jogos de bola, esportes radicais, lutas, etc.

Sinais do corpo

Por fim, observe os sinais que o seu corpo dá! Falta de ar, dor no peito, tontura, contrações, sangramento ou qualquer reação que não é comum durante a prática de exercícios requer que o treino seja suspenso imediatamente.

Principais exercícios indicados para grávidas

Você já sabe a importância de malhar durante a gravidez e os cuidados para que essa prática seja segura para todos os envolvidos. Agora chegou o momento de você conhecer os principais exercícios indicados para as futuras mamães. Continue acompanhando!

Yoga

A Yoga é um exercício completo que fortalece a musculatura, ajuda na postura corporal, trabalha a respiração e exercita a mente. Durante a gravidez ela é muito recomendado para as mamães e proporciona uma sensação de bem-estar e relaxamento.

Pilates

O Pilates também é uma excelente opção para as gestantes. Assim como a Yoga, ele também fortalece os músculos e melhora a postura, afastando dores, principalmente nas costas.

É importante lembrar que durante a gravidez os tendões e ligamentos ficam menos firmes, facilitando um rompimento ou uma lesão. Por isso, é indispensável fazer Pilates com a presença de um profissional.

Caminhadas ou corridas leves

Dependendo da condição física da gestante, uma simples caminhada pode trazer ótimos benefícios. Esse exercício é recomendado para aquelas mulheres que estão na fase final da gestação ou têm algum tipo de dificuldade para realizar atividades mais intensas.

Aquelas que conseguem podem investir em corridas leves, sempre levando uma garrafinha de água e utilizando um calçado adequado para amenizar o impacto.

Bicicleta ergométrica

A bicicleta ergométrica é uma ótima alternativa para quem está liberada para se exercitar, mas tem algum tipo de restrição ao impacto. Como o exercício é realizado sentado durante todo o tempo as articulações e os ligamentos ficam preservados. Além disso, a bike ergométrica tem a vantagem de estar em um ambiente climatizado, evitando o desgaste do sol e do calor.

Hidroginástica

A hidroginástica é um exercício muito procurado pelas futuras mamães. Assim como a bicicleta, essa modalidade também tem a vantagem de não ter impacto. Por esse motivo ela é uma das preferidas das gestantes.

Normalmente, a partir dos 3 meses as futuras mamães estão liberadas para cair na água, mas atenção, é muito importante conversar com o médico antes, já que o ambiente aquático traz alterações na pressão e em outros elementos do organismo.

Alongamento

Por fim, o último exercício que vamos trazer hoje e que é muito recomendado para as gestantes é o alongamento. Ele ajuda a evitar o inchaço comum durante a gravidez, principalmente nas pernas e nos pés. Além disso, diminui as dores nas costas, e reforça o assoalho pélvico, o que é muito importante para o parto normal.

A gravidez é um momento único da vida das mulheres. Durante nove meses o corpo se modifica e se prepara para gerar uma nova vida. Esse momento pode ser muito mais saudável com a prática de exercícios físicos. Por isso, a grávida pode malhar e deve sempre que tiver liberação médica.

As gestantes que treinam afastam doenças, melhoram a saúde, ficam mais dispostas e tendem a ter um parto mais leve. Não se esqueça de sempre procurar uma boa academia e contar com a ajuda de professores capacitados.

E então, gostou do nosso post? Para saber mais sobre assuntos relacionados ao exercício físico e a saúde, siga a nossa página no Instagram e não perca nenhuma informação!

SAÚDE SEMPREPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *