Fazer atividade física não é só ter um corpo bonito, é ter saúde e longevidade!

corpo bonito

Fazer atividade física não é só ter um corpo bonito, é ter saúde e longevidade!

Todos nós, em um determinado momento de nossas vidas, somos acometidos por aquela vontade louca de praticar algum esporte ou alguma atividade física, de se matricular em alguma academia para perder isso ou ganhar aquilo, o que é algo completamente natural.

Alguns têm motivações apenas estéticas, enquanto outros querem melhorar sua performance em algum esporte específico (futebol, corrida ou lutas, por exemplo). Também não podemos nos esquecer daqueles que são orientados pelos médicos a saírem do sedentarismo para, então, melhorarem seus parâmetros de saúde.

Com isso, fica fácil observar que a prática esportiva não existe apenas para que tenhamos um corpo bonito, mas também mais saúde e longevidade. Quer saber mais sobre esse assunto? Continue a leitura!

Por que não devemos fazer atividades físicas apenas pela estética?

A motivação para começar uma atividade física varia muito de um indivíduo para o outro. No entanto, essa mesma motivação é justamente o que pode trazer frustração, seja em longo ou médio prazo. Quando buscamos uma academia, por exemplo, para mudarmos exclusivamente o nosso corpo, tendemos a ficar “paranoicos” com aquela situação. E isso pode gerar uma necessidade de resultados rápidos e, consequentemente, uma tendência maior à frustração.

Por outro lado, quando a busca é motivada pela saúde, além das razões estéticas, a adesão do praticante aos treinos tende a ser muito melhor. Nesse sentido, ele se engaja porque percebe mudanças em seu estado de espírito, na sua energia e vitalidade, mesmo que elas ainda não tenham chegado à aparência do seu corpo.

Quais são os tipos de praticantes de atividades físicas pela saúde?

Existem aquelas pessoas que gostam de treinar, que se engajam em um programa sólido e árduo de treinamento que envolve uma porção de variáveis relacionadas não só ao momento em que estão na academia, mas também durante o dia, como alimentação e descanso adequados, constância, continuidade etc.

Tais indivíduos não têm pressa por resultados milagrosos, rápidos e, por consequência, falsos, pois eles acabam entendendo que o corpo dos sonhos — se é que ele existe — não será esculpido da noite para o dia e que estabelecer metas de médio a longo prazo é a melhor maneira de se manterem sempre motivados.

Então, temos os seguintes grupos:

  • atletas/alunos que querem levantar os maiores pesos;
  • os que querem ter os maiores músculos;
  • os corredores;
  • os aficionados pelas aulas de ginástica;
  • os que preferem atividades mais dinâmicas;
  • os que gostam de repetições;
  • os que não ligam para a aparência física;
  • os que desejam um corpo mais definido;
  • e muitos outros!

Todos esses grupos têm indivíduos com diferentes anseios e perspectivas, mas com algo muito forte em comum: eles gostam de treinar. Assim, o fato de irem à academia, para eles, não é algo penoso. É uma atividade que está incorporada em seu dia a dia, como comer, dormir e escovar os dentes.

E essa realmente é a melhor estratégia para começar a ter prazer na prática da atividade física, ou seja, fazer com que ela faça parte de sua rotina assim como as outras tarefas que você já possui. E, claro, se preocupando primeiramente com a sua saúde e apenas depois com os resultados estéticos que virão. Note que não há problema algum em querer um corpo bonito — essa apenas não deve ser a principal motivação para você se matricular em uma academia.

Quais são os benefícios da prática de exercícios para a saúde?

As razões para treinar vão muito além de ter um corpo bonito. Confira, a seguir, outras vantagens que não envolvem a estética!

Prevenção de doenças graves

Definitivamente, um dos benefícios mais relevantes da prática de exercícios está na prevenção de uma série de doenças graves. Tanto os aeróbicos quanto os treinamentos com pesos são excelentes pra promover, por exemplo, um melhor controle da glicemia, ajudando na manutenção do peso corporal e melhorando a resposta do organismo à insulina.

Junto a uma alimentação adequada e eventuais medicações prescritas pelo médico, a prática de exercícios físicos também contribui para a queda nos níveis circulantes de glicose no sangue e auxilia na redução da incidência de condições cardiovasculares, algumas das quais potencialmente fatais, como infarto agudo do miocárdio, acidentes vasculares cerebrais e tromboses venosas.

Melhora do humor

A prática regular de atividades físicas promove a liberação de uma série de substâncias em nosso organismo, responsáveis pela sensação de felicidade e bem-estar. Assim, podemos dizer que exercícios são ótimos para nos fazer sorrir. Quem anda um pouco rabugento ou não enxerga graça em nada precisa começar a se mexer!

Isso ocorre, entre outros motivos, pelo aumento da secreção de endorfina, um poderoso hormônio produzido naturalmente pela hipófise, uma glândula situada no cérebro humano. Quando está em níveis aumentados na corrente sanguínea, há um forte estímulo das sensações de prazer e recompensa, resultando em mais bem-estar e felicidade.

Redução do estresse e ansiedade

Problemas como estresse e ansiedade fazem parte do dia a dia de muita gente. Por conta disso, a sensação de prazer e relaxamento proporcionada pelas substâncias mencionadas no tópico anterior e liberadas com os exercícios é uma ótima ferramenta para combater o estresse excessivo e também ajuda muito no tratamento de doenças, como a depressão.

Você já reparou que as pessoas que estão fazendo suas caminhadas, corridas ou saindo da academia, na grande maioria das vezes, estão com uma aparência de satisfação e serenidade, mesmo que exaustas? Isso ocorre exatamente porque elas estão se condicionando para enfrentar os desafios da rotina e têm aquela sensação de “dever cumprido”.

Aumento da expectativa de vida

Se por um lado a prática de exercícios físicos previne doenças, por outro é possível esperar um aumento da expectativa de vida, o que também não é novidade para ninguém. Exercícios previnem problemas ósseos, musculares, respiratórios, circulatórios e muito mais. É equilíbrio para todo o organismo e muito mais longevidade!

O melhor de tudo é que os ganhos não vêm apenas em forma de números e mais velinhas no bolo de aniversário, mas também na própria qualidade de vida. É possível aproveitar o tempo a mais com muito mais liberdade e autonomia, podendo fazer o que bem entender, acompanhando quem você ama sem maiores dificuldades.

Diminuição de dores

Muitas vezes, mesmo com pouca idade, somos acometidos por dores geradas pela falta de movimentação, além de uma postura inadequada e problemas que vão aparecendo. Quem nunca viu ou experimentou um tremendo incômodo depois de um dia inteiro sentado no trabalho ou digitando no computador?

No entanto, com a prática de exercícios, tudo muda de figura, porque as atividades físicas trabalham, por exemplo, a potência e o tônus muscular. Dessa forma, conseguimos um corpo muito mais forte e menos dolorido, ganhando muito em termos de satisfação pessoal e qualidade de vida.

Aumento da energia e produtividade

Você é daqueles que dormem por muitas horas e já acorda cansado? No final do dia, não quer nem se mexer e vai direto para o sofá da sala? Pois saiba que isso é um verdadeiro círculo vicioso, que só pode ser quebrado por meio da realização constante de atividades físicas programadas.

Não tem jeito: praticar exercícios é algo que nos deixa mais energizados. Assim, temos um melhor desempenho em várias áreas de nossas vidas, incluindo os estudos e o trabalho. Um corpo saudável é diretamente proporcional a uma mente cada vez mais ativa!

Combate ao excesso de peso

Nos dias de hoje, muitos já entenderam que a aceitação da autoimagem e uma boa autoestima não devem depender do peso corporal. Quem está em algum estágio de obesidade, logicamente, precisa reconhecer o seu valor e jamais se sentir menosprezado. Porém, isso não muda o fato de que os quilos a mais são um fator contribuinte para uma série de condições.

Na medicina e na ciência, é estabelecido que as pessoas que têm maiores percentuais de gordura corporal do que o indicado para a sua altura têm mais facilidade de desenvolver diversas doenças, como diabetes e hipertensão. Além disso, são acometidos por certos sintomas, como fadiga, falta de ar, insônia, dores articulares e assim por diante. Portanto, os exercícios físicos são indispensáveis para que esse quadro seja revertido ou, pelo menos, amenizado.

Como vimos, se mexer é fundamental. Com os exercícios físicos, você consegue não só um corpo bonito, mas uma série de benefícios, como longevidade e qualidade de vida. Por isso, frequente bons lugares, com profissionais qualificados para orientar você corretamente e planejar seu treinamento com responsabilidade.

Para já começar os treinos com o pé direito, confira o nosso artigo que fala sobre o que comer antes dos treinos. Esperamos que goste do texto. Boa leitura!

e-book emagrecimento

Post Recentes

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Tudo sobre os mais diversos temas sobre treinamentos, modalidades e dicas.

Share via
Copy link